:: Orquídeas do Rio Grande do Sul ::
Bem-vindo visitante [Login]
Miltonia regnellii Rchb.f.
Heinrich Gustav Reichenbach, Linnaea 22: 851. (1850).


Miltonia cereola Lem., Ill. Hort. 12: t. 446. (1865).
Miltonia regnellii purpurea Dombrain, Fl. Mag. (London) 9: t. 490. (1870).
Miltonia regnellii var. veitchiana Cogn., Dict. Icon. Orchid. : Miltonia pl. 7b. (1900).
Miltonia regnellii var. travassosiana Cogn., Chron. Orchideenne 1: 310. (1900).
Miltonia regnellii var. citrina Cogn., Dict. Icon. Orchid. : Miltonia pl. 7a. (1900).
Miltonia regnellii var. alba Tessmer, Orchid Rev. 111: 309. (2003).
Miltonia regnellii f. citrina (Cogn.) Roeth, Orchidee (Hamburg) 56: 336. (2005).
Miltonia regnellii f. alba (Tessmer) Roeth, Orchidee (Hamburg) 56: 337. (2005).
Miltonia regnellii f. veitchiana (Cogn.) Roeth, Orchidee (Hamburg) 56: 336. (2005).
Miltonia regnellii f. travassosiana (Cogn.) Roeth, Orchidee (Hamburg) 56: 336. (2005).
Miltonia regnellii f. purpurea (Dombrain) M.Wolff & O.Gruss, Orchid. Atlas : 232. (2007).


Descrição

Espécie endêmica da mata atlântica no Sul e Sudeste do Brasil, muito cultivada pelos orquidófilos dada a beleza e variedade de suas flores e a facilidade de cultivo.
M.regnellii foi descrita em 1848 por Reichenbach. É uma espécie epífita, com crescimento cespitoso, formando touceiras de dezenas de pseudobulbos oblongados a fusiformes, um pouco comprimidos lateralmente, medindo entre 6 a 8cm de comprimento, portando folhas lineares e moles, de 16 a 20cm de comprimento por cerca de 1cm de largura. Os pseudobulbos são separados por grosso rizoma lenhoso e ramificado de 4 a 5cm de comprimento e 1cm de diâmetro.
A inflorescência é multiflora, medindo entre 30 e 40cm de comprimento, portando 7 a 8 flores que abrem sequencialmente, sempre duas ou três abertas ao mesmo tempo. Medem 5cm de diâmetro, com colorido variável entre o branco e o rosado, o labelo com colorido lilás a rosado que o cobre praticamente todo. Há muita variedade de colorido, incluindo flores completamente brancas. A gama de variações da forma de colorido fez com que diversas variedades fossem descritas no decorrer dos anos, como Miltonia regnellii var. citrina Cogn. (1900), Miltonia regnellii var. travassosiana Cogn., (1900), Miltonia regnellii var. veitchiana Cogn (1900), Miltonia regnellii f. alba (Tessmer) Roeth, (2005), Miltonia regnellii f. citrina (Cogn.) Roeth (2005) e Miltonia regnellii f. purpurea (Dombrain) M.Wolff & O.Gruss (2007).
As sépala dorsal mede 2,5 a 3cm de comprimento por 1cm de largura, com extremidade acuminada. As sépalas laterais têm forma semelhante à da dorsal mas são levemente mais estreitas, com 0,7-0,8cm de largura.
As pétalas têm forma um pouco mais elíptica e são mais largas que as sépalas; medem cerca de 2,5cm de comprimento por 1,2cm de largura.
O labelo tem forma obovada, angulosa, quase retangular, sem lobos, e com margens um pouco onduladas. Mede 2,5 a 2,7cm de comprimento por 2,5 a 2,6cm de largura.
A coluna mede cerca de 0,7cm de comprimento.
A espécie floresce no verão.
O nome ‘regnelli’ é homenagem de Reichenbach a Regnell, Anders Fredrik Regnell (1807-1884), botânico sueco que estou a flora brasileira na segunda metade do século XIX.

Época de floração

Janeiro
Fevereiro
Março
Abril
Maio
Junho
Julho
Agosto
Setembro
Outubro
Novembro
Dezembro


Fotos



Fotos no Habitat



Variedades de Cor e Forma



Estudos





Site desenvolvido por Jacques Klein